Pular para o conteúdo principal

Postagens

Posse de arma e segurança pública

Por Sidnei Moura
O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje decreto que flexibiliza a posse de armas de fogo no Brasil. Embora flexibilize  o acesso, comprar e regularizar uma arma de fogo continuará sendo uma opção para poucos levando em conta os custos da compra e do registro, além de outras exigências e limitações previstas no decreto assinado hoje.
Bolsonaro se elegeu com discurso pró armas, e fez questão de deixar claro que a flexibilização da posse era considerada por ele uma estratégia de política de segurança pública, e é uma postura que agrada principalmente os setores conservadores e neoconservadores de sua plataforma eleitoral, e que lhe dão sustentação política.
Como liberal defendo a posse e o porte de armas de fogo tão somente como um DIREITO do individuo em sua liberdade de legítima defesa e de escolher se quer ou não possuir ou portar uma arma de fogo. Rechaço veementemente a estratégia do posse e do porte de armas como política de segurança pública.
Reduzir ou acabar co…
Postagens recentes

É na política externa que o PT mostra sua verdadeira face

Por Sidnei Moura

O caso Cesare Battisti e o apoio incondicional do PT e de parte da esquerda ao ditador venezuelano Nicolas Maduro mostra a verdadeira face do petismo e de parte dos partidos e movimentos de esquerda no país, que em questões internas clamam por justiça e democracia, mas insistem em flertar com pessoas, regimes, ideias e movimentos criminosos e antidemocráticos em todo o mundo por compactuar com suas ideologias retrógradas.

O CASO CESARE BATTISTI

Cesare Battisti foi condenado na Itália por cometer diversos crimes em nome de uma ideologia de orientação comunista. Fugiu para o Brasil, e teve sua deportação solicitada pelo governo italiano. O STF concluiu a análise do processo manifestando-se favoravelmente a sua deportação, mas o então presidente Lula em seu ultimo dia de governo concedeu asilo politico ao companheiro alegando "perseguição política". Com sua prisão na Bolívia nesse domingo, petistas e integrantes da esquerda vieram a público criticar a posição d…

Câmara de São Carlos elegerá novo presidente na terça-feira

Por Sidnei Moura

A Câmara de São Carlos elegerá na próxima terça-feira o novo presidente e os novos membros da mesa diretora para o biênio 2019-2020. Circula a informação de que o vereador Lucão Fernandes (MDB) será candidato único à presidência, e que conta com apoio dos 20 vereadores da casa.

Lucão já presidiu o legislativo de São Carlos,  é atualmente presidente da Comissão de Saúde, e tem se manifestado favoravelmente ao governo de Airton Garcia nas matérias mais importantes encaminhadas pela prefeitura, e mesmo nas mais polêmicas tem declarado apoio formal aos interesses do executivo.

A apresentação de uma candidatura única, embora apontada como resultado da união dos vereadores, desperta alguns questionamentos que devem ser avaliados. Esse é o objetivo dessa reflexão.

1. Candidatura única impede o debate.

Em uma casa de leis formada por 21 vereadores, sendo duas mulheres e 19 homens, de idades e profissões distintas e composta por 11 partidos políticos diferentes, é impossível h…

1 de dezembro: Dia de combate a AIDS

É tempo de se conscientizar, prevenir, cuidar e de lançar fora todo e qualquer preconceito. A vida é mais forte que a AIDS!

"Cabidão" da prefeitura de São Carlos é aprovado por vereadores

Por Sidnei Moura

"CABIDÃO" DA PREFEITURA QUE CRIARÁ NOVOS CARGOS DE CONFIANÇA COM GASTO DE 3 MILHÕES ANUAIS FOI APROVADO PELOS VEREADORES

O famigerado "cabidão" que criará novos cargos de confiança e novos departamentos na estrutura administrativa da prefeitura foi aprovado por 12 vereadores na tarde dessa terça-feira.

A criação desses novos cargos e departamentos trará um custo anual de 3 milhões de reais dos nossos impostos.

Com exceção da criação da Secretaria de Segurança Pública e da exigência de nível superior como pré requisito para nomeações (que foi rejeitada), particularmente considero todo o restante do processo como resultado da estratégia de figurões do executivo e do legislativo municipal que, com o objetivo de se perpetuarem no poder, usarão as novas nomeações para garantir apoio político para as eleições de 2020.

Confira abaixo o nome dos vereadores que votaram pela APROVAÇÃO do "cabidão":

1. Cidinha do Oncológico (SD)
2. Edson Ferreira (P…

"Cabidão" da prefeitura de São Carlos criará novos cargos

Por Sidnei Moura

A Prefeitura de São Carlos enviou à Câmara Municipal projeto de lei que propõe modificar a estrutura administrativa propondo a criação de novas secretarias e de novos cargos de confiança. O projeto será votado pelos vereadores amanhã em sessão ordinária.

Estima-se que a criação desses novos cargos e secretarias custe anualmente ao município   cerca de 3 milhões de reais.

Apesar das justificativas apresentadas pela prefeitura, no meu entendimento a criação de novos cargos e secretarias tem por finalidade agregar à estrutura da administração apaniguados políticos tanto do executivo quanto do legislativo com o objetivo de congregar apoio para as eleições de 2020.

Particularmente, sou contra o aumento de gastos e inchaço da máquina pública, sou contra o aumento de novas secretarias e da criação de novos cargos por indicação política. Com excessão da criação da Secretaria de Segurança Pública, que ao lado da educação e da saúde considero como área prioritária em nosso muni…

Visita à ACORDE SÃO CARLOS

Por Sidnei Moura

Visitei na sexta, dia 23, a sede da ACORDE - Associação de Capacitação, Orientação e Desenvolvimento do Excepcional, uma importante instituição de nossa cidade que promove atividades que possibilitem crianças e adultos, com deficiencias intelectuais, a desenvolver suas capacidades e exercer plenamente seus direitos. Fui recepcionado pela diretora Edna Santana e pela psicóloga Patrícia Costa, e tive a oportunidade de conhecer e conversar com os profissionais e internos da instituição. A ACORDE depende de doações e de trabalho voluntário para a realização das atividades. Meus agradecimentos a diretora Edna pela recepção, e à Cidinha Rabello, vice presidente da instituição, pelo convite.