Pular para o conteúdo principal

Postagens

Centro de Cultura e de Artes de São Carlos oferece cursos gratuitos

O Centro Municipal de Arte e Cultura (Cemac) de São Carlos oferece 626 vagas para 23 cursos gratuitos voltados para todas as idades.

As vagas são divididas entre as áreas de teatro, circo, dança, samba rock, dança do ventre, desenho, aquarela, fotografia, percussão, gaita, violão, coro, produção de beats e mandalas.

Ao todo, são 32 turmas nos períodos da manhã, tarde e noite. Entre elas há opções para crianças a partir de 6 anos até adultos com mais de 45.

A programação completa pode ser consultada no site e as inscrições devem ser realizadas no Cemac, na Rua São Paulo, 745, no Centro.

As aulas serão ministradas a partir de 25 de março no Cemac, no Centros de Artes e Esportes Unificados “Emílio Manzano” e em Santa Eudóxia.

O telefone (16) 3419-8997 está disponível, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h, para mais informações.
Postagens recentes

A guinada econômica como resultado da iniciativa dos indivíduos

Por Sidnei Moura

A GUINADA DE NOSSA ECONOMIA SE DARÁ PELA INICIATIVA DOS INDIVÍDUOS, E NÃO DO ESTADO

A chegada da UBER em São Carlos, que está abalando as estruturas dos monopólios do transporte que sempre dominaram nosso município, por oferecer um serviço de qualidade com custo acessivel, não é a única ação da livre iniciativa que evidencia a indignação de cidadãos empreendedores com o gigantismo estatal que burocratiza e espolia o contribuinte.

Hoje mesmo os meios de comunicação divulgaram o início das atividades da Buser, uma empresa que, nos moldes da UBER, oferecerá transporte rodoviário intermunicipal de passageiros por meio da contratação de fretamento de ônibus por aplicativos, com passagens 60% mais baratas e maior liberdade de escolha. Enquanto isso, cidadãos estão abrindo mão dos serviços postais oferecidos pela estatal dos Correios em comunidades consideradas "violentas" por sistemas de aplicativos em que os próprios cidadãos dessas comunidades, desassistidos pel…

Prefeitura inicia processo de licitação do transporte coletivo

Por Sidnei Moura

Participei hoje da sessão de abertura dos envelopes do processo de concorrência pública do transporte coletivo de São Carlos. A sessão teve inicio às 9h00 na Sala de Licitações no Paço Municipal, sede da Prefeitura de São Carlos.

Sete empresas participaram do certame, e se fizeram presentes por meio de seus representantes: Viação Cesar Reis, Arco Real, MJM, Leaphar, Tambaú, Expresso Via Brasil e Suzantur, que já opera na cidade de forma precária.

A segunda etapa desse processo será realizada por meio da análise técnica dos documentos apresentados pelas empresas. Caso alguma empresa não atenda aos requisitos, ela terá 5 dias para protocolar recurso na prefeitura. Após essa etapa, ocorrerá a abertura dos envelopes das propostas de preços das tarifas, e a vencedora do processo será aquela que apresentar o menor valor. De acordo com o edital a prefeitura não pagará subsídio a empresa vencedora.

Confira a ata da sessão no link abaixo

http://www.saocarlos.sp.gov.br/index.ph…

Secretaria de Trabalho abre inscrições para cursos gratuitos em parceria com SENAC

A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda (SMTER), em parceria com o SENAC São Carlos, através da Comissão Municipal de Emprego (CME), vai oferecer a partir do mês de março 90 vagas em 3 cursos de formação profissional.
As vagas são para os cursos de vendedor (30), atendente de farmácia (30) e vitrinista (30).

As inscrições podem ser feitas nos dias 19 e 20 de fevereiro, das 8h às 16h, na Casa do Trabalhador, localizada na Avenida São Carlos, nº 1.800, no Centro. Para se inscrever em qualquer um dos cursos é necessário apresentar carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e, caso possua, número do Programa de Integração Social (PIS).

Para se inscrever no curso de vendedor, com carga horária de 160 horas, é necessário ter idade mínima de 15 anos e o Ensino Fundamental Completo. O curso será realizado de 11 de março a 7 de maio, com aulas de segunda a sexta das 13h às 17h.

Para se inscrever no curso de atendente de farmácia, com carga horária de 240 horas, é pre…

É possível experimentar uma realidade de falência do humanismo?

Por Sidnei Moura

Assisti ontem ao último episódio da terceira temporada da série "The man in the righ castel" (O homem do castelo alto), série baseada no livro de mesmo nome do escritor norte-americano Philip K. Dick (que eu também fiz questão de adquirir 😁), e adaptado pela Amazon Prime Vídeo, aplicativo concorrente da Netflix.

Na série, a narrativa ficcional parte do principio de que o nazismo venceu, ao lado dos japoneses, a segunda guerra mundial, e assim passou a subjugar o mundo todo. A partir dai, o território dos Estados Unidos foi dividido em três partes: a maior, com capital em Nova Yorque, tornou-se o Grande Reich Nazista americano; no meio, a chamada Zona Neutra, onde não há lei nem governo, e a oeste o chamado Estados Japoneses do Pacífico, com sede em São Francisco, subordinado ao Japão.

Na narrativa entremeada de traições, golpes, dramas e romances, a série apresenta de forma nua e crua a face mais terrível do nazismo: o estabelecimento de uma politica de est…

'Abacaxi' do governo petista, Pasadena é vendida pela Petrobras

Por Renata Barreto

Hoje saiu a notícia que a Petrobras vendeu a refinaria de Pasadena por US$562 milhões para a Chevron. Parece muito, não é? Mas foi a operação de maior prejuízo da história da companhia.

Em 2006, quando Dilma era ministra da Casa Civil e Presidente do Conselho da Petrobras, 50% da refinaria foi comprada por US$360 milhões, sendo que um ano antes a Astra Oil havia pago apenas US$42 milhões. Por um problema da Petrobras com a antiga dona, uma "cláusula de put option" contida no contrato assinado obrigou a Petrobras a comprar a refinaria inteira e, pior ainda, havia previsibilidade de rentabilidade anual garantida de 6,9% ao ano para a Astra (cláusula marlim), como compensação ao investimento necessário. Dilma ordenou a interrupção desse pagamento, que levou a uma disputa judicial. No total, essa operação de compra saiu por US$788 milhões e, após acordo na justiça com a Astra Oil, pagou mais US$821 milhões. Uma refinaria que em 2005 foi comprada por US$42 milh…

Jean Wyllys abre mão de mandato e deixará o país

Por Sidnei Moura

O caricato deputado Jean Wyllys do PSOL anunciou hoje que está abrindo mão de seu novo mandato como deputado federal e que deixará o Brasil devido a ameaças que vem sofrendo.

Wyllys foi reeleito para um terceiro mandato como deputado federal pelo PSOL com apenas 24 mil votos, mas só se elegeu devido ao coeficiente eleitoral de seu partido.

Embora alegue que a motivação em abrir mão do mandato seja a onda de ameaças que passou a sofrer (e as ameaças são reais), o que acontece de fato é que o deputado perdeu relevância no cenário político mesmo no segmento com o qual pautou sua atuação: o próprio movimento LGBT não o vê mais como um representante idôneo. A atuação de Wyllys o reduziu a um mero politico caricato e folclórico.

Seu colega de partido, o deputado federal eleito Marcelo Freixo, que se elegeu com mais de 300 mil votos, também tem sido alvo de ameaças ainda até mais frequentes, mas aumentou substancialmente sua capacidade de expressão e representatividade tanto…