Pular para o conteúdo principal

Luz na Escuridão


Lazlo Tokes, pastor de uma pequena Igreja Reformada Hún­gara, situada em Timisoara, Roménia, pregava corajosamente o evangelho e em apenas dois anos o número dos membros dessa igreja havia aumentado para cinco mil.

Mas o sucesso pode ser perigoso em um país comunista. Aos domingos, as autoridades colocavam policiais armados com metralhadoras na frente da igreja. Contrataram assassinos para atacar o pastor Tokes, confiscaram seu talão de racionamento a fim de impedir que comprasse alimentos ou combustível. Final­mente, em dezembro de 1989, decidiram enviá-lo ao exílio.

Mas quando os policiais chegaram para levar o pastor à força, ficaram paralisados. Em volta da entrada da igreja havia uma parede humana. Membros de outras igrejas — Batista, Metodista, Pentecostal, Ortodoxa, — haviam se reunido para pro­testar.

Embora a polícia tentasse dispersar a multidão, as pessoas continuaram em seus postos o dia todo e após anoitecer. En­tão, pouco depois da meia noite, um jovem estudante batista de dezenove anos chamado Daniel Gavra tirou do bolso um pacote de velas. Acendeu uma e passou ao seu vizinho.

Então, acendeu outra e mais outra. Uma a uma as velas acesas foram passando entre a multidão. Logo a escuridão da noite de dezembro ficou iluminada com a luz de centenas de velas.
Quando o pastor Tokes olhou pela janela, foi inundado pelo afetuoso calor que emanava de centenas de rostos. Ali estavam inúmeros membros do corpo de Cristo que, ignorando completamente a divisão das denominações, davam as mãos em sua defesa.

A multidão ali permaneceu a noite toda e também na noite seguinte. Finalmente, os policiais avançaram. Destruiram a porta da igreja, ensanguentaram o rosto do Pastor Tokes e em seguida fizeram com que desfilasse, com sua esposa, através da multidão noite adentro. Mas isso não é tudo. As pessoas afluíram para a praça principal da cidade e começaram a fazer uma grande manifestação contra o governo comunista. E, novamente, Daniel distribuiu velas.

Primeiro eles haviam acendido as velas pela unidade cristã, agora as estavam acendendo pela liberdade.

Isso era mais do que o governo podia tolerar. Tropas foram trazidas com a ordem de abrir fogo contra a multidão. Cente­nas de pessoas foram atingidas. Daniel sentiu uma dor lancinante quando sua perna foi destruída. Mas o povo de Timisoara con­tinuou a enfrentar corajosamente a barragem de balas.

E, através de seu exemplo, inspiraram toda a população da Roménia. Dentro de poucos dias, toda a nação havia se suble­vado, e o sanguinário ditador Ceausescu foi deposto. Pela primeira vez em meio século, os romenos puderam celebrar o Natal em liberdade.

Daniel festejou o Natal no hospital onde estava aprendendo a andar com muletas. Seu pastor veio para lhe oferecer suas condo­lências, mas Daniel não estava procurando condolências.

"Pastor, não estou preocupado com a perda de uma perna", disse ele. "Afinal, fui eu que acendi a primeira vela".

A vela que iluminaria todo o país.

Que imagem mais poderosa — a escuridão de uma noite de dezembro que foi iluminada pelo fervoroso testemunho da unidade e da liberdade. Uma vela acesa por um adolescente cristão.



Sidnei Moura

Comentários

  1. Muuuito obrigado pelo carinho, Sidnei!

    Aproveitei a visita e added seu blog na minha lista de links.=]

    Big abraço e ótima semana.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

COMENTÁRIOS ANÔNIMOS NÃO SERÃO POSTADOS!

Postagens mais visitadas deste blog

Ex-genro de David Miranda contará em livro porquê deixou a Igreja Deus é Amor

SERGIO SORA ANUNCIOU EM SEU PERFIL NO FACEBOOK QUE PUBLICARÁ LIVRO  SOBRE SUA SAÍDA DA IGREJA PENTECOSTAL DEUS É AMOR. SEGUNDO ELE, O LIVRO REVELARÁ "COISAS QUE ESTÃO OCULTAS AOS OLHOS DE MUITOS" E  ESTARÁ DISPONÍVEL EM ATÉ SEIS MESES.
Apontado até então como sucessor e herdeiro natural do trono de David Miranda, de seu púlpito blindado no maior templo evangélico da America do Sul no centro de São Paulo, e de mais de 9 mil igrejas o então presbítero Sergio Sora casado com a cantora Leia Miranda (filha mais nova de David Miranda) foi desligado da Igreja Deus é Amor  em 2005 por acusações de exigir a renúncia de David Miranda da presidência da igreja e por tê-lo submetido a cárcere privado e violência. Sora nega as acusações. Nas últimas semanas em sua página no Facebook Sora divulgou a informação de que decidiu publicar em um livro os principais motivos que o levaram a se desligar da igreja há seis anos, presidida por seu ex-sogro e em que por mais de vinte anos ocupou a funçã…

O Bocado Molhado - o apelo final de Cristo à Judas Iscariotes

Queriote, localidade de Moabe (Jr 48.24), a pouco mais de vinte e dois quilômetros ao sul de Hebrom, e a vinte e cinco quilô­metros a oeste do mar Morto, era uma cidade como outra qual­quer, não fosse a referência a um de seus filhos — Judas Iscariotes, no hebraico Ish-Querioth, "Homem de Queriote". Escolhido para o colégio apostólico, Judas tinha nas mãos as mais inacreditáveis oportunidades; afinal de contas, Jesus o havia escolhido para um elevado ofício: cuidar das finanças do grupo apostólico. Certamen­te possuía características que justificassem sua escolha. 
Seguindo as pegadas de Judas durante o ministério público de Jesus, podemos delinear o perfil deste, que será lembrado por toda a história como o "traidor". Suas atitudes gananciosas revelam profundas feridas, veias maléficas que o acompa­nharam durante toda a vida. Judas era o único dos discípulos de Jesus que não provinha da Galiléia; era de Queriote, Judéia. Os habitantes da Judéia desprezavam os nat…

Centro de Cultura e de Artes de São Carlos oferece cursos gratuitos

O Centro Municipal de Arte e Cultura (Cemac) de São Carlos oferece 626 vagas para 23 cursos gratuitos voltados para todas as idades.

As vagas são divididas entre as áreas de teatro, circo, dança, samba rock, dança do ventre, desenho, aquarela, fotografia, percussão, gaita, violão, coro, produção de beats e mandalas.

Ao todo, são 32 turmas nos períodos da manhã, tarde e noite. Entre elas há opções para crianças a partir de 6 anos até adultos com mais de 45.

A programação completa pode ser consultada no site e as inscrições devem ser realizadas no Cemac, na Rua São Paulo, 745, no Centro.

As aulas serão ministradas a partir de 25 de março no Cemac, no Centros de Artes e Esportes Unificados “Emílio Manzano” e em Santa Eudóxia.

O telefone (16) 3419-8997 está disponível, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h, para mais informações.