Pular para o conteúdo principal

Vivendo com propósitos

Ninguém — homem ou mulher, menino ou menina — pode viver muito tempo neste mundo sem um senso de propósito, sem uma compreensão do significado supremo da vida. Deixe-me contar uma história sobre as extensões (ou alturas) que as pessoas percorrem a fim de inventar um significado para si mesmas ao sentirem que a sua vida não tem nenhum.

Larry Walters, de 33 anos, era um motorista de caminhão que vivia em um pequeno bairro nas proximidades da linha férrea em Los Angeles, EUA, depois do aeroporto. Todos os sábados à tarde, sentava-se em sua cadeira de jardim no pequeno quintal cercado por correntes, tomando sol e bebendo 6 cervejas sozinho.

O tédio — ou a falta de propósito -- da situação levou Larry a tentar algo inusitado. Ele teve a idéia (acho que de­pois de beber uma dúzia de cervejas!!) de amarrar alguns ba­lões em sua cadeira de campo e flutuar a cerca de trinta metros de altura, voando sobre os quintais de seus vizinhos e ace­nando para eles. Larry comprou quarenta e cinco balões meteorológicos de ar quente, inflou-os com hélio, e os levou para casa.

Os vizinhos de Larry vieram para ver e ajudá-lo a segurar a cadeira enquanto ele amarrava os quarenta e cinco balões. Ele pegou uma espingarda para que, caso voasse muito alto, pudesse estourar alguns balões e impedir que a cadeira subis­se mais de trinta metros. Larry também se equipou com pasta de amendoim, sanduíche de geléia e outras seis cervejas.
Então, quando estava pronto, gritou para seus vizinhos: "Soltem!"

Eles soltaram, mas Larry não subiu trinta metros; subiu aproximadamente três mil e seiscentos metros! Ele não estou­rou nenhum dos balões, porque estava ocupado demais se agarrando à cadeira! Ele foi localizado primeiramente por um comandante da Continental Airlines que informou que alguém em uma cadeira de jardim havia acabado de passar pelo seu DC 10. (Foi solicitado ao comandante que se apresentasse imediatamente à torre, assim que aterrissasse.) Durante qua­tro horas (esta é uma história verídica!) o Aeroporto Internaci­onal de Los Angeles desviou os vôos que chegavam porque Larry Walters estava pendurado em sua cadeira de jardim a três mil e seiscentos metros de altitude.

As autoridades enviaram helicópteros e todos os tipos de aeronaves de resgate, e por fim o levaram de volta ao chão. Quando Larry pousou ao anoitecer (e tudo isso foi transmitido pela televisão!), foi uma cena extraordinária. Havia sirenes, carros de polícia com suas luzes girando e inúmeras câmeras convergindo para este homem, enquanto ele pousava com sua cadeira de jardim.

Empurraram um microfone em seu rosto e perguntaram:
­− Você teve medo?
Seus olhos estavam tão grandes quanto dois pires.
− Sim,
− Você faria isso novamente?
− Não.
− Por que você resolveu fazer isso?
Larry Walters respondeu:
− Não queria apenas ficar sentado ali.

Algo dentro de nós nos diz que na vida deve haver algo mais do que um relaxamento irracional. Algo em nosso interior nos leva a buscar o significado da vida.

Você não pode apenas ficar sentado aí!

Você não pode viver sem um senso de pro­pósito! As Escrituras ensinam que fomos feitos para conhecer a Deus e retribuir seu amor Este é o conteúdo e a essência da razão de viver de cada pessoa. Criados à imagem de Deus (Gn. 1.26,27), sentimos esta verdade sobre nós mesmos, até quando não podemos explicá-la claramente. Nosso senso interior de propósito é tão forte, que quando as pessoas se desviam de Deus, elas se voltam para outra coisa a fim de fazer com que a vida tenha sentido, ou definir algum propósito para a sua existência (Rm. 1.18-22).

Comentários

  1. Realmente d+++ essa história, acabo de te adicionar nos meus links brilhantes!

    MT BOM seu blog...



    abraços
    Fique na GRAÇA

    ResponderExcluir
  2. A resposta cristã para o sentido da vida

    Oprimidas por uma sociedade onde a felicidade é uma obrigação, a maioria das pessoas vive um silencioso e escondido desespero. Sufocados pela rotina ou pelos excessos: pré-ocupações, solicitações, responsabilidades, compromissos e possibilidades, não são poucos os que sequer têm tempo para se perguntar a respeito dao âmago da existência humana, suas origens, propósitos, destinos, ideais e valores. O resultado é a angústia crônica, a insatisfação aparentemente sem motivo, o estado de espírito negativamente perturbado, e a monotonia da luta pela mera sobrevivência.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

COMENTÁRIOS ANÔNIMOS NÃO SERÃO POSTADOS!

Postagens mais visitadas deste blog

Ex-genro de David Miranda contará em livro porquê deixou a Igreja Deus é Amor

SERGIO SORA ANUNCIOU EM SEU PERFIL NO FACEBOOK QUE PUBLICARÁ LIVRO  SOBRE SUA SAÍDA DA IGREJA PENTECOSTAL DEUS É AMOR. SEGUNDO ELE, O LIVRO REVELARÁ "COISAS QUE ESTÃO OCULTAS AOS OLHOS DE MUITOS" E  ESTARÁ DISPONÍVEL EM ATÉ SEIS MESES.
Apontado até então como sucessor e herdeiro natural do trono de David Miranda, de seu púlpito blindado no maior templo evangélico da America do Sul no centro de São Paulo, e de mais de 9 mil igrejas o então presbítero Sergio Sora casado com a cantora Leia Miranda (filha mais nova de David Miranda) foi desligado da Igreja Deus é Amor  em 2005 por acusações de exigir a renúncia de David Miranda da presidência da igreja e por tê-lo submetido a cárcere privado e violência. Sora nega as acusações. Nas últimas semanas em sua página no Facebook Sora divulgou a informação de que decidiu publicar em um livro os principais motivos que o levaram a se desligar da igreja há seis anos, presidida por seu ex-sogro e em que por mais de vinte anos ocupou a funçã…

O Bocado Molhado - o apelo final de Cristo à Judas Iscariotes

Queriote, localidade de Moabe (Jr 48.24), a pouco mais de vinte e dois quilômetros ao sul de Hebrom, e a vinte e cinco quilô­metros a oeste do mar Morto, era uma cidade como outra qual­quer, não fosse a referência a um de seus filhos — Judas Iscariotes, no hebraico Ish-Querioth, "Homem de Queriote". Escolhido para o colégio apostólico, Judas tinha nas mãos as mais inacreditáveis oportunidades; afinal de contas, Jesus o havia escolhido para um elevado ofício: cuidar das finanças do grupo apostólico. Certamen­te possuía características que justificassem sua escolha. 
Seguindo as pegadas de Judas durante o ministério público de Jesus, podemos delinear o perfil deste, que será lembrado por toda a história como o "traidor". Suas atitudes gananciosas revelam profundas feridas, veias maléficas que o acompa­nharam durante toda a vida. Judas era o único dos discípulos de Jesus que não provinha da Galiléia; era de Queriote, Judéia. Os habitantes da Judéia desprezavam os nat…

Anatomia da Divisão : Os ex-obreiros da Igreja Deus é Amor, as divisões e a fundação de novas igrejas (Parte 1)

Sidnei Moura

De acordo com os resultados do Censo 2010 divulgados pelo IBGE, a Igreja Pentecostal Deus é Amor, fundada pelo autodenominado missionário David Martins Miranda, chegou ao seu Jubileu de ouro apresentando uma significativa retração no número de fieis. Se comparada a outras denominações que fizeram do discurso milagreiro seu carro-chefe, a IPDA foi a única a apresentar diminuição no número de congregados, diferente de outras denominações como a Igreja Universal do Reino de Deus, a Igreja Internacional da Graça de Deus, a Igreja Renascer em Cristo e a mais recente denominação milagreira – a Igreja Mundial do Poder de Deus, que ao contrário, aumentaram seu número de filiais, de congregados e de efetiva exposição nos meios de comunicação de massa.
Conhecida pela valorização exacerbada dos usos e costumes como doutrina primaz, e de sua ênfase em milagres (que lhe rendeu fama e crescimento vertiginoso nos anos 80 e 90 devido às concorridas concentrações de milagres realizadas no…