Pular para o conteúdo principal

São Carlos, SP – 151 Anos de Vigor Acadêmico, Político, Social, Cultural, Comercial e Industrial

Nestes 151 anos, São Carlos galgou reconhecimento internacional devido a qualidade, a tecnologia e a excelência de seus parques industriais, na área social, cultural, política e acadêmica. Confira um pouco daquilo que desenvolvemos nestes 151 anos.








Portaria principal da UFSCar
UFSCar – Universidade Federal de São Carlos

Rodovia Washington Luiz, km. 235
A única universidade Federal no interior do estado.








Portaria Principal da USP
USP – Universidade de São Paulo

Av. Trabalhador Sãocarlense, s/n°
Excelência reconhecida internacionalmente.










Vista aérea do Campus 1
UNICEP – Centro Universitário Central Paulista

Campus 1: Rua Pedro Bianchi, 111 – Vila Alpes
Campus 2: Rua Miguel Petroni, 5111
A universidade privada de São Carlos reconhecida pelo MEC como a melhor da região Central e de Ribeirão Preto.










Câmara Municipal de São Carlos
Rua Sete de Setembro, 543 – Centro
São Carlos conta com 13 representantes no legislativo.









Palacete Conde do Pinhal – Sede do Poder Executivo
Rua Conde do Pinhal – Centro
Construído pelo Conde do Pinhal como sua residência urbana, abriga hoje a Prefeitura Municipal de São Carlos.










Hospital Escola – Módulo 1
Hospital Escola de São Carlos

Rodovia Washington Luiz, km. 235.
Projeto em parceria com governo federal, estadual e municipal, será utilizado pela Escola de medicina da Universidade Federal de São Carlos e encabeçará assim que concluído o Sistema Municipal de Saúde.








Estação Cultura
Pça. Da Estação
Estação ferroviária da FEPASA até os dias de hoje, abriga o Instituto Pró-Memória, que administra o Museu de São Carlos em suas dependências.









Vista aérea Instituto Álvaro Guião
Instituto Álvaro Guião

Av. São Carlos – Centro
A primeira escola pública da cidade. Referência nos ensinos fundamental e médio.










Shopping Center Iguatemi
Passeio dos Flamboyants, s/n° - Parque Faber










Wolkswagem do Brasil
Rod. Luiz Augusto de Oliveira
Fábrica de motores da companhia, compõe o gigante e tecnológico parque industrial da cidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ex-genro de David Miranda contará em livro porquê deixou a Igreja Deus é Amor

SERGIO SORA ANUNCIOU EM SEU PERFIL NO FACEBOOK QUE PUBLICARÁ LIVRO  SOBRE SUA SAÍDA DA IGREJA PENTECOSTAL DEUS É AMOR. SEGUNDO ELE, O LIVRO REVELARÁ "COISAS QUE ESTÃO OCULTAS AOS OLHOS DE MUITOS" E  ESTARÁ DISPONÍVEL EM ATÉ SEIS MESES.
Apontado até então como sucessor e herdeiro natural do trono de David Miranda, de seu púlpito blindado no maior templo evangélico da America do Sul no centro de São Paulo, e de mais de 9 mil igrejas o então presbítero Sergio Sora casado com a cantora Leia Miranda (filha mais nova de David Miranda) foi desligado da Igreja Deus é Amor  em 2005 por acusações de exigir a renúncia de David Miranda da presidência da igreja e por tê-lo submetido a cárcere privado e violência. Sora nega as acusações. Nas últimas semanas em sua página no Facebook Sora divulgou a informação de que decidiu publicar em um livro os principais motivos que o levaram a se desligar da igreja há seis anos, presidida por seu ex-sogro e em que por mais de vinte anos ocupou a funçã…

O Bocado Molhado - o apelo final de Cristo à Judas Iscariotes

Queriote, localidade de Moabe (Jr 48.24), a pouco mais de vinte e dois quilômetros ao sul de Hebrom, e a vinte e cinco quilô­metros a oeste do mar Morto, era uma cidade como outra qual­quer, não fosse a referência a um de seus filhos — Judas Iscariotes, no hebraico Ish-Querioth, "Homem de Queriote". Escolhido para o colégio apostólico, Judas tinha nas mãos as mais inacreditáveis oportunidades; afinal de contas, Jesus o havia escolhido para um elevado ofício: cuidar das finanças do grupo apostólico. Certamen­te possuía características que justificassem sua escolha. 
Seguindo as pegadas de Judas durante o ministério público de Jesus, podemos delinear o perfil deste, que será lembrado por toda a história como o "traidor". Suas atitudes gananciosas revelam profundas feridas, veias maléficas que o acompa­nharam durante toda a vida. Judas era o único dos discípulos de Jesus que não provinha da Galiléia; era de Queriote, Judéia. Os habitantes da Judéia desprezavam os nat…

É possível experimentar uma realidade de falência do humanismo?

Por Sidnei Moura

Assisti ontem ao último episódio da terceira temporada da série "The man in the righ castel" (O homem do castelo alto), série baseada no livro de mesmo nome do escritor norte-americano Philip K. Dick (que eu também fiz questão de adquirir 😁), e adaptado pela Amazon Prime Vídeo, aplicativo concorrente da Netflix.

Na série, a narrativa ficcional parte do principio de que o nazismo venceu, ao lado dos japoneses, a segunda guerra mundial, e assim passou a subjugar o mundo todo. A partir dai, o território dos Estados Unidos foi dividido em três partes: a maior, com capital em Nova Yorque, tornou-se o Grande Reich Nazista americano; no meio, a chamada Zona Neutra, onde não há lei nem governo, e a oeste o chamado Estados Japoneses do Pacífico, com sede em São Francisco, subordinado ao Japão.

Na narrativa entremeada de traições, golpes, dramas e romances, a série apresenta de forma nua e crua a face mais terrível do nazismo: o estabelecimento de uma politica de est…