Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Meu voto eu não achei no lixo [3]

A verdade está na cara, mas não se impõe.

O que foi que nos aconteceu?
No Brasil, estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor, 'explicáveis' demais.
Toda a verdade já foi descoberta, todos os crimes provados, todas as mentiras percebidas.
Tudo já aconteceu e nada acontece. Os culpados estão catalogados, fichados, e nada rola.
A verdade está na cara, mas a verdade não se impõe. Isto é uma situação inédita na História brasileira!
Claro que a mentira sempre foi a base do sistema político, infiltrada no labirinto das oligarquias, mas nunca a verdade foi tão límpida à nossa frente e, no entanto, tão inútil, impotente, desfigurada!
Os fatos reais: com a eleição de Lula, uma quadrilha se enfiou no governo e desviou bilhões de dinheiro público para tomar o Estado e ficar no poder 20 anos!
Os culpados são todos conhecidos, tudo está decifrado, os cheques assinados, as contas no estrangeiro, os tapes, as provas irrefutáveis, mas o governo psicopata de Lula nega e ignora tudo!
Quest…

Conscientizando-se dos propósitos de Deus na "morada do sol"

Desde ontem (11/9) estou em Araraquara-SP onde permanecerei hoje (12/09) para ministrar a jovens da IMJV em duas reuniões especiais - a primeira aconteceu ontem as 19h00 na Vila Yolanda Ópice, e hoje também as 19h00 acontecerá na Vila Imperial.
Localizada a cerca de 270km de são paulo e 50km da minha São Carlos, Araraquara é uma das principais cidades da região central do estado de são paulo por possuir economia forte, elevado nível de ensino e grande vocação turística. Fundada em 1817, foi chamada inicialmente de "Campos de Araraquara" por escravos foragidos e garimpeiros que chegavam das diversas partes do estado com a finalidade de aqui instalarem-se. Com uma população de quase 200 mil habitantes,
Araraquara tem sido destaque no cenário nacional pelas políticas públicas adotadas pelo ex-deputado federal Marcelo Barbieri (PMDB) que no segundo ano de seu mandato como prefeito celebra diversas realizações que durante sua campanha eleitoral fez parte da pauta de compromissos a…

Meninos sofrem abuso sexual em dança tradicional no Afeganistão

Meninos são obrigados a se vestir de mulher e dançar em casamentos. Depois são levados para hotéis onde sofrem abusos sexuais. A atenção de quase todos está sobre um garoto de 15 anos, que dança para o grupo em um vestido longo e brilhante, com sua face coberta por um véu vermelho.Ele usa seios postiços e sinos presos aos calcanhares. Um dos homens oferece a ele algumas notas de dólar americano, que ele pega com os dentes. Esta é uma tradição antiga, chamada bachabaze, que significa literalmente "brincando com garotos".
O mais perturbador é o que acontece após as festas. Com frequência, os meninos são levados a hotéis e sofrem abusos sexuais. Os homens responsáveis pela prática são comumente ricos e poderosos. Alguns deles mantêm vários bachas (meninos) e os usam como um símbolo de status, como uma demonstração de sua riqueza.Os meninos, alguns deles ainda pré-adolescentes, são normalmente órfãos de famílias muito pobres.
Fome
A reportagem da BBC passou vários meses tentando en…

Integridade

Claudionor Correia de Andrade
Nestes dias que se vão caracterizando pela impiedade e por um arrebatado culto às trevas; nestes dias de amor frio e fervor moribundo, como ministros de Cristo somos instados a responder à esta pergunta: "ainda reténs a tua integridade?", Jó 2.9. Dessa resposta, está a depender não somente o êxito de nosso ministério, mas principalmente o nosso destino eterno.
Diante do desafio, Jó não se permitiu vacilar; deixou bem claro que a sua integridade era inegociável. Embora coberto de úlceras e já coberto de angústias, não traficou a sua integridade como homem de Deus. O patriarca não hesitou diante do desafio. E quanto a nós? Como nos haveremos diante desta tão inquietante e já urgentíssima pergunta?
A sua vida pessoal é íntegra? O seu ministério é íntegro? É íntegra a sua mensagem? E a sua postura como homem de Deus? É politicamente correta? Ou reconhecidamente íntegra?
De nada adiantar-nos-á aliviar uma resposta socialmente aceitável. O momento é criti…

Meu voto eu não achei no lixo [2]

Ed René Kivitz
Igreja não vota. Igreja não faz aliança política. Igreja não apoia candidato. Igreja não se envolve com política partidária. Há pelo menos cinco razões para este posicionamento.
Primeira: o Estado é laico. Igreja e Estado são instituições distintas e autônomas entre si. É inadmissível que, em nome da religião, os cidadãos livres sofram pressões ideológicas. Assim como é deplorável que os religiosos livres sofram pressões ideológicas perpetradas pelo Estado. É incoerente que um Estado de Direito tenha feriados santos, expressões religiosas gravadas em suas cédulas de dinheiro, espaços e recursos públicos loteados entre segmentos religiosos institucionais. É uma vergonha que líderes espirituais emprestem sua credibilidade em questão de fé para servir aos interesses efêmeros e dúbios (em termos de postulados ideológicos e valores morais) da política eleitoral ou eleitoreira.
Segunda: o voto é uma prerrogativa do cidadão. Assim como os clubes de futebol, as organizações não go…